Blog

Entretenimento para pessoas com deficiência auditiva


Desde 2013, médicos do país vêm fazendo um alerta sobre o número crescente de brasileiros com deficiência auditiva. Apesar dessa realidade, ainda são poucas as ações de inclusão para essas pessoas. Na maioria das vezes, elas sofrem com a falta de acesso à cultura, ao entretenimento e ao lazer em nossa sociedade.

A perda de audição apresenta três diferentes níveis e pode começar com diversos sintomas. Para isso, existem tratamentos individuais, como o uso do aparelho auditivo. Mas, ao pensar no coletivo, as dificuldades de interação e a falta de preparo da população em geral dificultam a participação das pessoas com essa e outras deficiências.

Felizmente, existem pessoas trabalhando pela inclusão. Foi o que aconteceu no carnaval de 2019 durante o Bloco das Poderosas, da cantora Anitta.

A VIBRAÇÃO DO BLOCO DA ANITTA

Anitta foi uma das estrelas mais vistas e ouvidas durante o carnaval. Para fechar a folia, comandando o Bloco das Poderosas, a cantora reuniu pessoas com deficiência auditiva para curtirem a festa. O evento foi patrocinado pela Skol, marca da Cervejaria Ambev. Com cerca de 50 participantes que apresentavam algum nível de perda auditiva, as apresentações aconteceram no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Sem poder escutar, os convidados contaram com uma mochila especial que vibra de acordo com as batidas das músicas e a ajuda de intérpretes para as letras. A ação de inclusão permitiu que as pessoas sentissem a importância da representatividade e da diversidade, que devem ser valorizadas em todos os âmbitos da vida social.

Segundo Anitta, em reportagem para a Folha de São Paulo, as mochilas podem seguir em mais shows da turnê para possibilitar a experiência de mais pessoas. Gostou da novidade? Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de atualizações, receba dicas e informe-se sobre a saúde auditiva.