Blog

Aparelhos auditivos e celulares: tecnologias que integram os dispositivos


A Organização Mundial de Saúde afirma que aproximadamente 466 milhões de pessoas têm deficiência auditiva. A tendência desse número é aumentar consideravelmente ao longo dos anos. Pensando nisso, grandes marcas tecnológicas estão traçando métodos para que os celulares deem suporte adequado aos aparelhos auditivos. Afinal, a relação entre esses dispositivos nem sempre foi fácil.

A iniciativa tem o objetivo de minimizar a exclusão digital e mostra como a saúde está, agora, em grande foco. Confira como as principais empresas que trabalham com smartphones estão nesse cenário:

Processadores de som e aparelhos auditivos da Apple

A Apple possui sua própria tecnologia de transmissão de áudio via Bluetooth para aparelhos auditivos. Além disso, a empresa trabalha com grandes fabricantes na produção de aparelhos auditivos criados especialmente para iPhones e iPads. São os dispositivos chamados “Made for IPhone”.

Para acessar os recursos, basta clicar três vezes no botão de início. Nos ajustes, é possível aplicar configurações de ambiente predefinidas pelo seu otorrino para andar na rua ou em lugares barulhentos. O modo “Aparelho Auditivo” melhora o desempenho de alguns aparelhos. A Apple, em seus celulares, segue as regras de compatibilidade com aparelhos auditivos da FFC – Federal Communications Commission. A federação determina que os telefones sejam testados e classificados de acordo com um padrão de harmonia com os dispositivos de audição.

Tecnologia de conexão do Google

Em parceria com o grupo GN, líder em soluções inteligentes de áudio para pessoas com deficiência auditiva, a empresa Google anunciou a implantação de uma nova tecnologia nos dispositivos Adroid. O sistema permite que os aparelhos celulares se comuniquem diretamente com os auditivos.

A conexão Bluetooth é chamada de “Audio Streaming for Hearing Aids”. Em português, “transmissão de áudio para aparelhos de surdez”. A companhia espera que as empresas usem o suporte em seus aparelhos. A tecnologia usada é denominada Asha e oferece baixa latência e alta qualidade de áudio, com o mínimo de impacto na duração da bateria. Com a atualização será possível controlar as opções do aparelho de surdez através do celular, assim como fazer chamadas e ouvir músicas.

O anúncio desse novo suporte foi feito em agosto de 2018. Na Audição, procuramos sempre informar e trazer novidades sobre o assunto. Acompanhe nosso blog e não perca os lançamentos!